Procurando Investidores

Todo empreendedor passa por um grande problema para alavancar sua ideia de negócio: a falta de capital para iniciar seu projeto. Por melhor que seja uma proposta de negócio, sua eficácia ou sua usabilidade, nada disso importa se não se possuir is recursos necessários. Uma das soluções para captação de recursos é a tomada de empréstimos, o que acarreta compromissos para quitação do mesmo.

Outra solução é encontrar investidores dispostos a apostar na idéia de negócio e se tornar um sócio investidor, o que deixa a empresa iniciante com maior condições de administrar bem o negócio. Então, antes de bater na porta dos bancos, considere encontrar um investidor que se interesse em injetar capital ao seu projeto. 

No ano de 2018, o Centro de Estudos de Capital de Risco da Fundação Getúlio Vargas constatou que foram investidos cerca de 3 bilhões de dólares em empresas brasileiras, sendo 40% delas empresas iniciantes.

Em 5 anos, o volume de recusros utilizados pela indústria de capital de risco no Brasil foi de 8 bilhões para mais de 35 bilhões de dólares.

Investidores não só injetam capital, como também costumam participar da gestão do negócio. Sendo assim, os contratos devem ser flexíveis e os empreendedores tem que estar dispostos a compartilhar dados dos planos de negócios e mesmo de tarefas administrativas. 

Mas, como eu posso conseguir atrair um investidor para meu negócio?

Quais são os tipos de investidores

Antes de mais nada, é preciso que seu projeto possua um diferencial de outros negócios já no mercado, caso seu projeto seja de um nicho semelhante de outros que já estejam em atividade.

Caso sua idéia de negócio seja inovador, algo que não exista ainda no mercado, será preciso que o projeto esteja muito bem apresentado, a fim de ficar claro ao prospectivo investidor que seu negócio tenha grandes chances de sucesso no mercado ao qual se destina.

Uma idéia inovadora é aquela que soluciona um problema que aflige o público alvo. Um bom exemplo de negócio que surgiu para resolver um problema, foi a da Uber, uma empresa de aplicativos para táxis.  Seus fundadores notaram as dificuldades que tinham quando precisavam chamar um táxi em sua cidade e idealizaram um sistema em que os usuários pudessem chamar um táxi com apenas um toque em seus celulares. A idéia foi um sucesso e a Uber está em muitos países.

Existem diversas classificações para investidores de capital de risco. Os chamados investidores-anjo, geralmente pesquisam por empresas que estejam em seus primeiros estágios de desenvolvimento e investem entre R$ 50 mil e R$ 500 mil reais. Por outro lado, investidores maiores injetam valores bem maiores entre 500 mil a 2 milhões de reais em empresas que já estejam em operação, com produtos e clientes bem definidos.

Os investidores venture capital já investem somas muito acima  dos já mencionados, na faixa de até 10 milhões ou mais.

veja aqui mais informações sobre tipos de investidores

Escolha o melhor investidor

Depois que foi escolhido o tipo de investimento ideal para seu negócio, realize uma pesquisa sobre quem seriam os possíveis interessados em seu negócio. As empresas que são pequenas e inovadoras devem buscar patrocínio econômico

2 de setembro de 2020 21:52